Motor Ligado e Veículo Parado é Prejuízo na Certa

Motor Ligado e Veículo Parado é Prejuízo na Certa

 Fumaca-Preta-no-Escapamento-4

 

Muitos motoristas de caminhão ou ônibus têm o costume de deixar o veículo ligado para esquentar o motor ou durante carga e descarga, nas garagens e pontos finais. Será que este hábito traz vantagem? Quanto de poluição ele provoca? Será que dá prejuízo o motor funcionando com o carro parado?

Vamos ver: após a partida, o óleo lubrificante demora alguns segundos para se espalhar e proteger o motor “frio”. Sabemos também que um motor a diesel só chega na temperatura de trabalho carregado e rodando. Só ligado, em “marcha-lenta” não chega na temperatura ideal. E durante o dia de trabalho, será que se desligarmos e tentarmos dar partida ele não vai pegar? Bem, somente se ele estiver sem manutenção adequada. Mas assim não devemos nem sair para a rua, pois é grande a chance de ficarmos “na mão” com o veículo quebrado ou de tomar uma multa de quase 800 reais da CETESB por fumaça preta. Um motor gasta mais de um litro de óleo diesel por hora quando está em marcha lenta. Aí voce pensa: “É pouco, o diesel é barato!” Mas fazendo as contas, 15 minutos de manhã para “esquentar”, mais umas 10 paradas de 10 minutos cada nas entregas ou nos pontos finais, dá quase 2 horas por dia com o motor ligado e o carro parado. Então, você já queimou mais de 2 litros de diesel à toa. Fazendo as contas, em um ano dá quase 600 litros de óleo diesel desperdiçados – pelo menos R$1.000,00 que viram fumaça. E a poluição? Só de gases venenosos e fuligem são mais de 70 kg. E isso se o veículo estiver bem regulado. Se não, pode ser muito mais. Uma frota com 100 ônibus desperdiça todo ano mais de 100 mil reais, quase o preço de um novo em folha. E emite no ar mais de 7 toneladas de poluentes, tudo isso enquanto os veículos estão parados e ligados, “de bobeira”. E agora que você ficou sabendo que os prejuízos são grandes, o lema é: PAROU, DESLIGOU.

About Author: novarastre

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *